Gravado em São Paulo, em maio de 2015, um show completo do Bullet Bane no Inferno Club será disponibilizado no canal de Youtube da banda no dia 1° de março.



Com 18 músicas, o repertório é dividido entre os álbuns “Impavid Colossus” (2014), “New World Broadcast” (2011) e o split “Chumbo” (2012), e conta com as participações especiais de Lucas Guerra (Pense), Cyro Sampaio (Menores Atos), Debora Babilônia (Deb And The Mentals), Milton Aguiar (Bayside Kings), Felipe Flipe (Z.R.M), Robson Marcantonio e Walace Giuzio (Hofmann).


O vídeo desenvolvido pela Fuerza Films, teve captação de Henrique Pucci, masterização e mixagem de Danilo Souza e Fernando Uehara e produção do próprio Bullet Bane. Quem assina a arte da capa é Multitask Selvas.

Segundo Renan Garcia, a princípio a banda disponibilizará o show apenas online, mas existe a possibilidade de ser lançado em DVD ainda no primeiro semestre. O baterista também afirma que apesar do trabalho árduo que envolve um projeto desse porte, a banda não teve muitas dificuldades para organizar e realizar a gravação do show. “Quando soltamos o cartaz anunciando a gravação do DVD, o show tomou uma repercussão bem maior do que esperávamos. Os ingressos acabaram semanas antes e tocamos com a casa cheia. Foi um dos primeiros eventos que realmente organizamos e foi muito gratificante ver como rolou. Foi um dos dias mais importantes que já tivemos, por tudo que representou”, conta Renan.

Para quem está ansioso pelo que vem pela frente, o baterista adianta que o Bullet Bane está compondo um novo álbum em português, em breve anunciará um acústico e que tem mais dois projetos encaminhados. É só ficar ligado que a banda promete muitas novidades.
Enquanto isso você pode acompanhar as novidades pelo youtube oficial da banda, basta acessar clicando aqui.

Assessoria HBB
Paola Zambianchi
+55 11 3141-0379
Gremista, catarinense, gamer, cervejeiro e admirador incessante do Rock/Metal. Tem como filosofia de vida, que o menos é mais. Visando sempre a qualidade invés da quantidade. Criou o site 'O SubSolo" em 2015 sem meras pretensões se tornando um grande incentivador da cena. Prestes a surtar com a crise da meia idade, tem a atelofobia como seu maior inimigo e faz com que escrever e respirar o Rock/Metal seja sua válvula de escape.