Resenha: Psychotic Disorders – Hierarchical Punishment (2021)

Ainda caminhando pela vastidão furiosa e prolífera que é nossa cena brasileira, tenho que admitir que muitos grupos com uma longeva carreira dentro do...

Resenha: Nheengatu – Titãs (2014)

Lembro-me como se fosse ontem, quando corri ansiosamente para uma das duas únicas lojas de CDs da minha cidade, (atualmente temos apenas uma que...

Resenha: Unleeched – Claustrofobia (2022)

Salve Headbangers!A arte é uma forma de despertar e expressar sentimentos, e pensando nas raias mais extremas, é impossível não citar o...

Resenha: A New Medium Ages – Carniça (2022)

Existe uma clássica frase que pode sintetizar perfeitamente o trabalho que dissecarei no texto de hoje: “Nunca julgue um livro pela capa” Mas não interprete errado...

Resenha: O Terceiro Evangelho do 7Peles – 7Peles (2022)

Para quem acompanha o meu trabalho (se é que alguém possa fazer isso), sabe que tenho fascínio, e por que não, uma fixação por...

Resenha: The Ancient Pestilence – Spiritual Hate (2022)

“Não podemos acreditar em um Deus que quer ser louvado o tempo todo. ” Não encontrei forma melhor de começar a dissertar sobre este trabalho,...

Resenha: IV Homines in Bestiales Formas – Corporate Death (2022)

Esta é uma resenha muito especial, pois firma os primeiros recebidos desta minha modesta carreira de pouco mais de um ano dedicada ao nosso...

Resenha: Metal Lords (Netflix – 2022)

Domingo, friozinho em SP, semana com feriado prolongado... O que nos resta é correr para o streaming de filmes e passar um...

Resenha: Rock Believer – Scorpions (2022)

Demorei muito para escrever e principalmente para concluir a resenha. É a minha top1 de todos os tempos e que tive o prazer de...

Resenha: Luzente – O Teatro Mágico (2022)

Ah O Teatro Mágico. Há quanto tempo eu esperei por esse momento. Talvez desde 2018 se minha memória não me trai... Sim amigo leitor, eu...

RECENTES