Já devo ter mencionado isso em algum texto anterior, mas escrever para o site me proporciona um desafio e prazer impar. E se escrever sobre as bandas do nosso cenário já proporciona esse deleite, o regozijo é ainda maior, quando tenho a oportunidade de conhecer grupos das regiões vizinhas aqui do meu longínquo interior.

Hoje, tenho o prazer de apresentar uma nova entidade de Poços de Caldas, o septeto mascarado do Ungods.

Conheci o grupo através das redes sociais da Sacramentia (minha banda) ao observar que alguns dos integrantes, assim como o próprio perfil do Ungods, nos acompanhavam também. Logo, fiquei fascinado com as máscaras de design único e mórbido dos integrantes, imaginando de onde diabos essa galera havia surgido. Fiquei muito contente em saber que eles estão mais perto do que havia imaginado. E ao que pelo menos parece, (posso estar muito enganado), a banda é formada por figuras jovens, mais um motivo de orgulho em saber que as novas gerações ainda acreditam no gênero mesmo em uma realidade cercada, em grande parte, tendo Mc’s e duplas sertanejas como ídolos.

A história do Ungods teve início em outubro de 2019, quando o nome da banda foi enfim cravado. Levando em consideração os pseudônimos adotados por cada integrante, (que se abstiveram de revelar as identidades, em prol da catarse do espetáculo), deduzo que a banda atue interpretando e encarnando um grupo de divindades às avessas.

Formado por Invictus e Hastur nas guitarras, Seth no contrabaixo, Azazel na bateria, Ankou nos teclados, Loki na percussão e o vocalista Ares, o som destas entidades malignas, possuí influências advindas do Nu Metal, Groove Metal e Metal Industrial. Ao vivo, o Ungods promete apresentações repletas de violência e da expressão visual que emana tanto sonora como esteticamente.

E se você, que assim como eu, se interessou em conhecer mais o som destes lordes, o primeiro single Hell Awaits Ourselves, que foi postergado por muito tempo devido à pandemia, chega no próximo dia 31, (também conhecido como Halloween ou dia do Saci para os mais enfadonhos patriotas) acompanhado de um clipe, que só pelo pequeno trecho disponibilizado nas redes da banda, tende a ser uma super produção. A canção fará parte do debut da banda Undivine Tragedy que atualmente está sendo gravado em parceria com o Studio Villa, em Poços de Caldas.

E se você está lendo este texto após esta data, deixo você com esse primeiro lampejo da brutalidade e teatralidade do Ungods. Enjoy!

Nascido no interior do estado de São Paulo em 1994, vocalista da Sacramentia, jornalista, fanático por colecionismo e biografias.