Se nem só de pão vive o homem, quem dirá somente de sons extremos.

Por isso, hoje lhes trago uma ótima banda para você que gosta de sonoridades oitentistas, com fortes influências de grupos como The Smiths e New Order, por exemplo.

Conheci o trabalho do grupo, enquanto fazia uma pesquisa no Youtube a respeito de um dos meus ídolos da adolescência, o icônico vocalista Ian Curtis da emblemática banda de Post-Punk, Joy Division. E em meio a inúmeros vídeos biográficos, esbarrei-me com uma suposta música intitulada com o nome de Ian.

Curioso a respeito de como soaria uma canção cujo título faz menção a um dos mais lúgubres poetas que o rock já teve imediatamente a conferi.

E meus amigos, que música!

Se você, assim como eu, tem uma grande queda por bandas que misturam letras melancólicas a sonoridades mais alegres, Siberia é uma forte pedida. Admito que no início, achei a experiência um pouco estranha, uma vez que, não estou habituado a ouvir músicas cantadas em italiano.

A partir desta faixa, comecei a buscar mais sobre a obra do grupo encontrando músicas que seriam perfeitas para entrar em um menu de qualquer edição do jogo Fifa, e outras muito mais interessantes.

O Siberia foi formado em 2010 na cidade portuária de Livorno,na Itália pelo vocalista Eugênio Sournia e o baterista Luca Mele, na época colegas de escola. O nome do grupo deriva-se do livro Educação Siberiana de Nicolai Lilin, obra baseada em fatos vividos pelo próprio autor, que constrói um retrato sobre a vida de um garoto que cresce em meio a uma realidade hostil e criminosa russa em um grupo denominado Urcas Siberianos. A história ganhou uma versão para os cinemas em 2013.

O grupo ganharia novos integrantes pouco tempo depois, sendo eles o guitarrista Matteo D’Angelo e o baixista Cristiano Sbolci Tortoli. Com a formação completa, o grupo grava o primeiro EP, intitulado Voglio regalarti una fotografia em 2014.

Com este primeiro passo dado, a banda teve oportunidade de participar do Sanremo Giovani um popular concurso musical italiano com a canção Gioia.

Em abril de 2016 o debut da banda In un sogno è la mia pátria foi lançado em parceria com a Sony e distribuição pela Artist First, seguido de uma serie de shows por toda a Itália. A partir disto, a banda lançaria mais dois trabalhos, Si vuole scappare em 2018 (rendendo ao grupo a participação no Sziget Festival na Húngria) e em novembro de 2019 o excelente Tutti Amiamo Senza Fine.

Infelizmente a pandemia do COVID-19, interrompeu bruscamente a turnê de divulgação do terceiro trabalho da banda, que até o momento, estava sendo muito bem recebido, rendendo ao quarteto participações em programas de rádio e TV locais. Pouco mais de um ano depois e ainda em meio a este infortúnio, o Siberia anunciou através das redes sociais o encerramento das atividades.


Mesmo em um curto período de existência, este grupo italiano deixou uma obra singular, um Indie Rock (dificílimo de encontrar em bandas do gênero), mesclado entre guitarras distorcidas, uma sonoridade pop que traz um verdadeiro frescor e originalidade.

Deixo você com a minha música favorita do grupo. Divertiti!

 

 

Nascido no interior do estado de São Paulo em 1994, vocalista da Sacramentia, jornalista, fanático por colecionismo e biografias.