Death Row foi lançado digitalmente em 2018. Agora, dois anos depois, ganha seu formato físico




Por VHPress


Fabrício Pereira, ex-guitarrista da banda de Death Metal Dysnomia, finalmente lança seu primeiro álbum, “Death Row”, em formato físico. O disco, que foi lançado em 2018 somente em formato digital, chega agora em CD.

Seu ex-colega de banda Érik Robert (bateria, Dysnomia) e o baixista Edgard Neto o acompanham no trabalho. As gravações foram feitas no Nova Estúdio de Gabriel do Vale, renomado produtor araraquarense, e arte do CD foi criada por Manu Mandelli.

O trabalho traz todo acúmulo musical que Fabricio adquiriu durante sua carreira. Utilizando uma guitarra de 7 cordas, o músico apresenta no disco uma sonoridade mais densa, que transita entre o Hard Rock e o Metal extremo de forma natural, mas sem se prender, abrindo leque para o Fusion e soando como uma música abrangente.

Ao contrário do que muitos pensam, “Death Row” não é um disco de guitarrista para guitarristas. Apesar de focar na técnica do músico em seu instrumento, é um trabalho feito para o público em geral, aos verdadeiros amantes da boa música. Agora, além das plataformas digitais, o disco também pode ser adquirido em seu formato físico (confira como nos links abaixo).


Confira algumas músicas disponíveis no Youtube:

Links Relacionados

FACEBOOK l INSTAGRAM l YOUTUBE

E-mail para contato e como adquirir o trabalho:

[email protected] 

Gremista, catarinense, gamer, cervejeiro e admirador incessante do Rock/Metal. Tem como filosofia de vida, que o menos é mais. Visando sempre a qualidade invés da quantidade. Criou o site 'O SubSolo" em 2015 sem meras pretensões se tornando um grande incentivador da cena. Prestes a surtar com a crise da meia idade, tem a atelofobia como seu maior inimigo e faz com que escrever e respirar o Rock/Metal seja sua válvula de escape.