Algumas semanas após o lançamento do single The Tobacco Crop War, que rolou em dezembro de 2021 , os grindeiros de Ouro Branco, Minas Gerais,  Alien’s Purger acaba de lançar seu EP de estréia, intitulado de Attacked by Macabre Alien’s Force, que pode ser encontrado em todas plataformas digitais.

A produção do material ficou a cargo do engenheiro de som Bruno M. Bassani do Rio Grande do Sul, que produziu bandas como as brasileiras Endigna, Sabbatariam e a americana Versus Me.

O EP conta com cinco faixas do mais puro Grindcore, para amantes de Napalm Death, Pig Destroyer, Gutalax Jig-Ai. A arte de capa foi feita pela própria banda e o logotipo ficou a cargo do artista Lucas Bragatto.

A banda aborda temas bem humorados que envolvem aliens, charutos, plantação de tabaco e a vida no campo, todos interligados e tudo com um cenário envolto em muita carnificina e conspirações intergaláticas, bem nonsense como é de costume do estilo.
No link abaixo você confere na íntegra essa podreira!

Me chamo Daniel, tenho 37 anos, sou mineiro e trabalho como Psicólogo. Sou amante do rock/metal e todas suas vertentes desde os meus 13 anos de idade e desde os 15 anos +- comecei a me envolver com banda, sempre no posto de vocalista. Minha primeira banda se chama Sabbatariam (prog death), a qual eu fundei junto com um amigo de infância e fiquei 05 anos com ela, gravei 4 materiais (demo, split-cd, full e EP). Quando saí dessa banda fundei outra, chamada Krig (death metal), a qual sou vocalista até hoje e completaremos 15 anos de estrada com em 2022. Com Krig gravei vários trabalhos que incluem um DVD, 05 fulls e um ao vivo. Neste ano de 2021 fundei outra banda chamada Alien's Purger, onde também sou o vocal e a proposta dessa vez é fazer grindcore. Decidi, neste ano, que quero trabalhar com assessoria e estou começando assessorando minhas próprias bandas.