Não é de hoje que o front feminino vem demonstrando cada vez mais força e presença no cenário nacional. E é com muito prazer que trago–lhes hoje à esta coluna mais uma ótima demonstração do girl power brasileiro, a banda Zaion


Formada inicialmente em 2013 na cidade sul-mineira de Poços de Caldas, o quarteto atualmente conta com Camila Fernandes na guitarra, Gabi Abreu na bateria, Fernanda Mucciaroni no contrabaixo e a vocalista Lari Rogante


À primeira vista, assim como muitos em começo de carreira, a Zaion iniciou a sua caminhada focando em covers, ganhando aos poucos renome e prestigio na região. Mas é em 2020, que as garotas decidem investir em material próprio, lançando, no dia 04 de setembro, o primeiro single, intitulado I’m Here, gravado nas imediações do estúdio Bonfogo, na cidade de Leme, São Paulo. 


A temática desta canção aborda as dificuldades de expressar sua verdadeira essência em um mundo que, infelizmente, ruma para um caminho cada vez mais preconceituoso e taxativo. A parte gráfica, que dá ainda mais vazão ao tema, ficou a cargo da talentosa artista Crownlinn (@crowlinn)


Já em relação a sonoridade, tentar rotular uma única vertente ao som da Zaion é uma tarefa deveras piegas, uma vez que a própria banda afirma em suas redes sociais que busca agradar ouvintes de A à Z. No próprio single em questão, notam-se influências do grunge noventista de grupos como Alice Chains e afins. 


Mas a banda já divulgou alguns spoilers nas redes de uma segunda canção a caminho com uma pegada mais voltada a uma espécie de reggae.


A seguir, você confere o videoclipe  da primeira música da Zaion, que chega para quebrar paradigmas e reforçar ainda mais que o poder feminino se mantém constante e vívido dentro do underground.

Enjoy.


Acesse: 


SIGA A ZAION NAS REDES SOCIAIS:

FACEBOOK | INSTAGRAM | YOUTUBE

Nascido no interior do estado de São Paulo em 1994, vocalista da Sacramentia, jornalista, fanático por colecionismo e biografias.