Resenha: Blaze Bayley – Infinite Entanglement (2016)

Ta aí um cara que realmente é um guerreiro incansável. Blaze Bayley lançou, desde que saiu do Iron Maiden ao fim dos anos '90,...

Resenha: Fault Line – Intenso (2015)

Um álbum poderoso que conta com sete faixas, que alterna vocais limpos e gutural muitíssimo bem encaixado. Perceptível que cada música foi trabalhada cada segundo existente, talvez o trabalho mais difícil da...

Resenha: Cherry Ramona – Soco na “Bixiga” (2015)

Você já imaginou uma banda que conseguisse misturar Raimundos e Velhas Virgens? Imaginou uma banda executar instrumental de Raimundos e letras de Velhas Virgens,...

Resenha: Iron Maiden – Brave New World (2000)

Arte da capa foi a última assinada pelo lendário Derek Riggs Hoje comemoramos os 16 anos do álbum do álbum que marcou o novo milênio...

Resenha: Edu Falaschi – Moonlight (2016)

Confesso que sou grande admirador e fã de Edu Falaschi. É um músico que admiro muito por sua história e também por seu talento...

[RESENHA] – ANGUERE – CHOQUE (2015)

Desde 2008 na estrada, a banda já foi chamada de Chaosbleed, já teve várias mudanças em sua formação, mas hoje o Anguere se firmou e...

Resenha: Piece of Mind – Iron Maiden (1983)

PIECE OF MIND, COMPLETA NESTA DATA, TRINTA E TRÊS ANOS DE  SEU LANÇAMENTO. MERECE UMA RESENHA! O Iron Maiden em seu começo, a cada passo...

[RESENHA] – LOTHLÖRYEN – PRINCIPLES OF A PAST TOMORROW (2015)

Lothlórien é o nome de uma floresta élfica de grande destaque no mundo fictício de Arda, em O Senhor dos Anéis, sendo a obra de J.R.R. Tolkien a inspiração...

[RESENHA] – GIANT GUTTER FROM OUTER SPACE – BLACK BILE (2016)

Giant Gutter From Outer Space é uma banda no mínimo curiosa. Além do nome peculiarmente grande e por ser formada apenas por baixo e...

[RESENHA] – STONERIA – STONERIA (2014)

Inspirados pelo rock clássico como Led Zeppelin, Black Sabbath, Raul Seixas, Titãs, The Stooges e Jimi Hendrix, e formada em 2007, no início Stoneria...

RECENTES